Marinharia

  1. Reconhecer 8 (oito) tipos diferentes de embarcações locais.
  2. Identificar as nomenclaturas da embarcação de guarnição (baleeiras, escaler ou veleiros) onde faz suas atividades de rotina, e ter desempenhado as funções de proeiro, bomba d’água e remador quando em atividade.
  3. Demonstrar que sabe arrumar o material e pessoal em uma embarcação, compensando-a satisfatoriamente.
  4. Conhecer o RIPEAM e saber o que fazer em casos de emergências estando a bordo ou avistando de terra uma embarcação com problemas.
  5. Colaborar com pequenos trabalhos de apoio às embarcações: a) em praia, no cais, trapiche e em terra evitando a colisão e manuseando as defensas, ajudando a suspender em seco ou amarrando em poita; b) com o abastecimento de alimentos ou combustível de embarcações; c) dando informações úteis para navegadores que chegam a sua sede oportunamente.
  6. Explicar a influência das correntes sobre a embarcação e saber interpretar a Tábua de Marés.
  7. Demonstrar que sabe: a) organizar e preparar o material da embarcação montando-a; b) distribuir o pessoal em suas funções a bordo; c) compensar satisfatoriamente; d) desembarcar o pessoal com segurança, desmontar a embarcação, realizar a faxina e guardar todo o material.
  8. Manobrar, sozinho, uma pequena embarcação a remo para largar, fundear, atracar, abicar em uma praia e desembarcar material de outra embarcação maior etc.
  9. Conhecer a rosa-dos-ventos e demonstrar como fazer uso da bússola embarcado.
  10. Lançar 1 (um) cabo de reboque, de uma embarcação para outra, e saber dar e receber reboque.
  11. Conhecer os símbolos e saber interpretar uma carta náutica.
  12. Demonstrar noções básicas de meteorologia e levantar a previsão do tempo para no mínimo duas atividades embarcadas realizadas por sua seção.

Sobrevivência no Mar

  1. Conhecer os primeiros procedimentos de sobrevivência no mar.
  2. Aplicar a sinalização de emergência para náufragos.
  3. Saber os procedimentos para tratar o enjoo no mar.
  4. Saber os procedimentos de primeiros socorros para: queimadura solar, desidratação e insolação; mordeduras de animais marinhos; úlceras provocadas por ingerir água salgada; dor, irritação e ardência nos olhos; prisão de ventre; retenção de urina; controle de pânico; hipoglicemia e hipotermia.
  5. Saber o procedimento a adotar na presença de grandes animais marinhos.
  6. Relacionar os tipos de embarcações e botes de sobrevivência em aeronaves e navios.
  7. Saber fazer a pesca improvisada.
  8. Saber as formas de dessalinização da água.
  9. Conhecer o kit de sobrevivência no mar recomentado pelas autoridades médicas e marítimas.

Sinalização

  1. Confeccionar 1 (um) par de bandeiras de semáfora.
  2. Conhecer e explicar à seção os alfabetos Morse e semafórico e o código internacional de bandeiras.
  3. Receber e transmitir palavras soltas, por meio de semáfora.
  4. Participar de 1 (um) jogo escoteiro onde transmita mensagens utilizando a semáfora ou o Morse.
  5. Transmitir e receber uma mensagem à noite, com luz.
  6. Fazer, em Morse e semáfora, o sinal internacional de socorro.
  7. Elaborar 1 (um) artigo sobre evolução da sinalização através da história.
  8. Transmitir e receber em semáfora, à razão de trinta letras, em 1 (um) tempo razoável, uma mensagem de pelo menos 30 palavras.
  9. Transmitir e receber em Morse, à razão de vinte e 5 (cinco) letras, uma mensagem de pelos menos vinte e 5 (cinco) palavras, em tempo razoável.
  10. Construir 1 (um) aparelho para transmitir Morse por meio de sinais luminosos, durante a noite.
  11. Pesquisar sobre os sistemas modernos de transmissão de sinais e explicá-los à seção.
  12. Conhecer a sinalização cega e luminosa de navegação nacional e internacional, bem como as notações importantes para embarcações, aeronaves, portos, aeroportos e canais.

Segurança no Mar

  1. Saber o conceito, o funcionamento e as interpretações da Tábua de Marés.
  2. Conhecer a nomenclatura das nuvens e ser capaz de fazer uma previsão meteorológica partindo de observações visuais.
  3. Conhecer e saber consultar a escala Belfort e saber os principais ventos predominantes na sua região onde costumeiramente navega.
  4. Saber interpretar o barômetro, o termômetro e o anemômetro.
  5. Conhecer as direções das principais correntes marítimas do local onde costumeiramente realiza suas atividades embarcadas.
  6. Comandar uma manobra de resgate de “Homem ao Mar” e efetivar o reboque de outra embarcação com a segurança adequada.
  7. Conhecer as formas de pedido de socorro no mar.
  8. Conhecer os canais de pedido de socorro no rádio marítimo sabendo operar.
  9. Realizar 1 (um) ‘checklist’ em sua embarcação, antes de ir ao mar, observando a presença dos itens de segurança previstos pela legislação marítima para embarcações de recreio NORMAN-03.
  10. Saber qual é o canal meteorológico que pode ser acessado por radiofrequência marítima.
  11. Conhecer o ‘Aviso aos Navegantes’, publicado pela Marinha do Brasil.
  12. Conhecer e saber preencher o ‘Aviso de Saída’ nos Clubes, Marinas e Portos. Para o caso de grupos que tenham saída própria, efetivar avisos de saída internos.

Salvamento

  1. Ter a especialidade de Natação, no Nível 3.
  2. Atirar 1 (um) cabo com boia de salvamento a 1 (um) nadador afastado 10 (metros).
  3. Demonstrar como se aproximar, abordar e retirar da água uma pessoa em pânico.
  4. Demonstrar os tipos de nado compatíveis com o salvamento, em função do meio onde ele ocorre e que é capaz de rebocar nadando uma vítima.
  5. Ter noções básicas de primeiros socorros, na área de reanimação de afogados.
  6. 6 (Reconhecer lugares seguros e perigosos para banhistas (mar, rios e lagos) sabendo interpretar as placas de sinalização e saber como contatar o socorro emergencial.
  7. Reconhecer locais com correntezas e saber como proceder para deles se afastar quando em nado e como realizar proceder salvamento nesta situação.
  8. Identificar peixes que representam riscos para banhistas, em mares, rios e lagos, e reconhecer sua presença em locais de banho.
  9. Elaborar e apresentar à seção 1 (um) trabalho ressaltando os perigos em atividades aquáticas, como se conduzir durante tais atividades e as medidas de segurança que devem ser adotadas para evitar acidentes.

Reparos Navais

  1. Participar da limpeza ou da prevenção contra cracas no casco de uma embarcação e saber os malefícios que a tinta envenenada pode causar ao meio ambiente.
  2. Participar do trabalho de reparo e manutenção em uma embarcação de qualquer porte ou de caiaques, pranchas ou peças em fibra de vidro ou, alternativamente, do reparo em uma embarcação de madeira.
  3. Visitar 1 (um) estaleiro, ou o ambiente de trabalho de 1 (um) carpinteiro naval artesanal, e descrever para sua seção as técnicas, instalações, logísticas e materiais usados e outras observações relevantes.
  4. Fazer pequenos concertos em remos, bancadas, mastros, palamentas e utensílios da embarcação que normalmente utiliza.
  5. Descrever os produtos utilizados para realizar o reparo em fibra de vidro, relatando suas origens, usos, equipamentos de segurança para o manuseio, seus riscos de envenenamento e os cuidados necessários para a guarda, mistura e aplicação.
  6. Cotar e relacionar preços dos produtos para a realização de acabamentos em fibra de vidro ou madeira tais como tintas, lixas, massas, poliuretanos, resina e outros apresentando a listagem pesquisada.
  7. Fazer 1 (um) pequeno modelo da estrutura de uma embarcação miúda, demonstrando as principais partes da construção e sua nomenclatura.
  8. Descrever as principais avarias que podem surgir em equipamentos elétricos, hidráulicos e mecânicos em embarcações miúdas e de médio porte.
  9. Participar de 1 (um) curso de reparos em fibra ou do planejamento e construção de uma embarcação em madeira.

Mecânica de Motor de Popa

  1. Conhecer o sistema a explosão e demonstrar entender o funcionamento básico dos motores de 2 (dois) e 4 (quatro) tempos.
  2. Conhecer, além dos componentes mecânicos, os componentes elétricos, hidráulicos, de refrigeração e de propulsão de 1 (um) motor de popa.
  3. Demonstrar que sabe usar o motor de uma embarcação atracando, zarpando e manobrando.
  4. Conhecer o sistema de abastecimento de combustível e os cuidados de manuseio, guarda e despejo do combustível, em terra e ao largo.
  5. Efetuar a manutenção preventiva em 1 (um) motor de popa, sob orientação do examinador.
  6. Conhecer os aspectos de segurança aplicados a motores em embarcações e reparos para os problemas mais comuns a esse tipo de motor.

 

Aquicultura

  1. Saber o que é aquicultura, quais suas características e quais espécies são considerados pescado.
  2. Conhecer os cuidados básicos exigidos pela espécie de aquicultura a que se dedica.
  3. Conhecer as modalidades de cultura e os métodos mais aplicados, pesquisando sobre os mais utilizados em sua região.
  4. Manter uma criação, durante 1 (um) período adequado à espécie a que se dedica, e fazer 1 (um) prato para ser degustado pela seção.
  5. Conhecer os sistemas de alimentação, reprodução, prevenção de doenças e tratamento de águas ou condições de clima e correnteza.
  6. Visitar uma aquicultura e elaborar relatório para apresentação à seção, destacando os beneficias resultantes para a comunidade local.

Vela

  1. Reconhecer 8 (oito) diferentes tipos de embarcações locais e de barcos à vela.
  2. Apontar e dar o nome das partes e o uso de velas, o massame fixo e o de laborar mastros e vergas, de 1 (um) tipo de embarcação à vela.
  3. Navegar em 1 (um) barco à vela sabendo: virar em roda e por davante, içar os panos, rizar, dar velas, colher as velas, seguir uma direção e encostar, qualquer que seja a posição do vento, ancorar corretamente, navegar em bolina cochada e amarrar- se a uma boia.
  4. Velejar 1 (um) total de vinte horas em atividades escoteiras, apontando no diário de bordo da embarcação, realizando rodízio das funções embarcado. Saber montar, desmontar e faxinar a embarcação utilizada.
  5. Explicar as regras de segurança aplicáveis à navegação à vela para 1 (um) “veleiro amador” citando o RIPEAM e explicando-as por meio de desenhos.
  6. Mostrar como se dobra ou acondicionam as velas guardando-as corretamente após o uso.
  7. Explicar a maneira correta de arrumar o pessoal e a carga em uma embarcação de modo a compensá-la convenientemente.
  8. Demonstrar como atirar de uma embarcação 1 (um) cabo para reboque, como dar e receber reboque e compreender o uso de 1 (um) ferro (âncora) de mar, largar e calcular o comprimento da amarra a ser utilizada.
  9. Explicar corretamente as definições previstas nas regras atuais de regata da ISF (International Sailing Federation), bem como os sinais de regata e suas aplicações para atenção, preparação, largada, regra de condução de uma regata e regra de outros requisitos quando em regata.
Skip to content