Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Tema Anual 2017: Escotismo & Desenvolvimento Sustentável

30 de novembro de 2016


“Quaisquer que sejam as suas outras diferenças de opinião, todos parecem concordar pelo menos neste ponto e todos o consideram de primordial importância – a Educação para a Cidadania. “

Robert Baden-Powell, em Caminho para o Sucesso.

Ao longo de sua existência, o Escotismo tem se preocupado em incluir, entre os conceitos que utiliza para propor o Programa Educativo e suas ações institucionais, as mais prementes e atualizadas questões que alcançam a sociedade. Não por outra razão, desde seu início, o Movimento Escoteiro tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da cidadania ativa, para a qualidade de vida das pessoas e para a promoção da paz.
Nas últimas décadas o Movimento Escoteiro mundial adotou, como parte da sua marca, a expressão “construindo um mundo melhor”, sintetizando seu propósito de contribuir, como resultado do seu trabalho educativo, para a arquitetura e implementação de um mundo em que todos possam viver de modo digno e produtivo.

Dentro desse espírito, o próprio Baden-Powell, fundador do Escotismo, teve a preocupação de mantê-lo continuadamente atualizado em forma e conteúdo, garantindo a condição de “movimento” ao Escotismo, tornando-o capaz de atender às mais diversas características e particularidades.
Entendia, Baden-Powell, a necessidade de promover uma educação transformadora, como escreveu no livro “Guia do Chefe Escoteiro”, quando afirmou que “este é, portanto, o mais importante objetivo do treinamento escoteiro – educar; não simplesmente instruir (pense bem nisto!), mas educar, isto é, levar o jovem a aprender por si próprio e voluntariamente tudo aquilo que contribua para forjar seu caráter. ”.

Já há alguns anos nossa civilização deu-se conta de que era urgente cuidar melhor de nosso planeta, vítima de contínua exploração e prestes a entrar em colapso. Temas como poluição do ar, desmatamentos, tratamento de resíduos, reciclagem e reutilização, acesso à água e aquecimento global, entre outros, começaram a ser discutidos dentro de uma proposta visionária de desenvolvimento sustentável. Estes temas já faziam parte do escopo trabalhado pelo Movimento Escoteiro, de modo que foi natural incorporá-los no Programa Educativo, incluindo esses conteúdos nas competências cuja aquisição propõem para seus jovens.

Por outro lado, o Escotismo foi pioneiro na conscientização sobre as questões de meio ambiente e utilização adequada dos recursos naturais, realizando em todo o mundo atividades ao ar livre sem impacto ambiental, deixando o local utilizado em melhores condições do que foi encontrado. Além disso, desde os anos 80 desenvolve com mais ênfase eventos que pretendem contribuir para melhorar o meio ambiente e produzir consciência sobre sustentabilidade. Assim, quando as Nações Unidas lançaram os Objetivos do Milênio, no início desse século, os escoteiros somaram-se a este esforço de imediato, por total afinidade de princípios

Agora, quando um novo plano é lançado pela ONU, com “a agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável”, incorporando 17 objetivos muito mais abrangentes, visando fortalecer a paz e a liberdade, erradicar a pobreza e oferecer uma nova perspectiva econômica, social e ambiental para o planeta, mais uma vez o Movimento Escoteiro responde ao convite de forma positiva.

Nossa forma de ajudar a construir um mundo melhor é contribuindo para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, como principais autores e atores de suas histórias. E isso é feito oferecendo aprendizagem pela ação, ou seja, os jovens que praticam Escotismo adquirem conhecimentos, habilidades e valores a partir das experiências que vivem por meio das atividades que participam. Assim, nossa maneira de concorrer para o êxito da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável é criando oportunidades para que os jovens adquiram, pela vivência, as competências que lhes permitam participar da edificação do mundo que queremos construir.

Nesse ano de 2017, apoiados pelo tema “Escotismo & Desenvolvimento Sustentável”, os Escoteiros do Brasil irão orientar todas as suas ações, atividades e eventos, para proporcionar aos seus membros juvenis e líderes adultos essas importantes experiências. Nesse sentido, além de manter nossos programas educativos atualizados e atraentes, institucionalmente nossos principais alvos serão três eventos de caráter nacional, a saber:

• 1º EducAÇÃO ESCOTEIRA, a ser realizado no dia 20 de maio, com o tema “Desenvolvimento Sustentável”, quando os grupos escoteiros e seções autônomas realizarão, em escolas públicas e privadas em todo o Brasil, ações que proporcionem tanto aos jovens como aos estudantes e comunidade, experiências que possam contribuir na conscientização das possibilidades que existem para mudar realidades desfavoráveis e alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável. Essas atividades buscarão aplicar, de forma prática, conteúdos que se relacionam com os parâmetros curriculares do segundo ciclo do ensino fundamental.

• 26º Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica (MutEco), a ser realizado dia 3 de junho, quando os grupos escoteiros e seções autônomas aplicarão atividades, a partir de um conjunto sugerido, envolvendo as comunidades de entorno, orientados pelos temas de proteção do meio ambiente e desenvolvimento sustentável. Este é um evento já consagrado, que envolve anualmente dezenas de milhares de escoteiros e brasileiros beneficiados.

• 19º Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Comunitária (MutCom), a ser realizado em 16 de setembro, com centenas de grupos escoteiros e seções autônomas desenvolvendo ações em suas comunidades, objetivando contribuir com seu desenvolvimento, melhorando condições de vida das pessoas e dos ambientes em que vivem. Também já é um evento consagrado, com dezenas de milhares de jovens participando e beneficiando muitas comunidades em todo o país.

Como uma força vibrante e relevante em cada comunidade onde está presente, o Movimento Escoteiro poderá ser instrumento de construção do futuro almejado, seja pelo processo educativo que alcança cada jovem, transformando-o em agente de melhorias e participante ativo em sua comunidade, seja pelo trabalho de mais de 1,2 mil grupos escoteiros beneficiando a sociedade e ajudando a formar uma consciência coletiva comprometida com o desenvolvimento sustentável.

Todos sonham com um mundo mais justo, solidário, seguro e pacífico, com uma sociedade inclusiva e sem desigualdades, sem pobreza e sem fome, com saúde e bem-estar para todos, em que a educação seja acessível a todos, no qual se protejam os recursos naturais e se promova crescimento econômico sustentado. Para que isso não se mantenha apenas como utopia e torne-se realidade, é necessário a soma dos esforços de cada um e de todos, acreditando que isso é possível.

Os Escoteiros do Brasil estão dispostos a fazer sua parte, pois acreditam que podem fazer diferença, tal como já deixou registrado Baden-Powell, em 1920, no livro “Guia do Chefe Escoteiro”:

“Em todos os países, a finalidade do treinamento escoteiro é idêntica e resume-se em eficiência no serviço ao próximo. Com um objetivo comum de tal natureza, podemos seguir avante e, construindo uma fraternidade universal do serviço, realizar uma obra de grande amplitude.”.

Personalize seu Facebook com a capa do tema anual 2017:

temaanual2017_capasfb_laranjaclaro_thumb

temaanual2017_capasfb_laranjaescuro_thumb

temaanual2017_capasfb_vermelho_thumb

temaanual2017_capasfb_amarelo_thumb

temaanual2017_capasfb_branco_thumb

Utilize o logotipo do tema anual 2017:

Logotipo do Tema Anual 2017

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens