Médico, escoteiro e empreendedor social: Roberto Kikawa parte para o Grande Acampamento

12 novembro 2018

O médico e escoteiro Roberto Kikawa partiu para o Grande Acampamento na noite do último sábado, 10 de novembro. O gastroenterologista foi assassinado durante um assalto no Ipiranga, Zona Sul de São Paulo, na capital paulista.

Empreendedor social, Kikawa foi responsável pela criação das carretas da saúde, unidades móveis que circulam a cidade de São Paulo oferecendo atendimento médico a comunidades carentes. O CIES Global (Centro de Integração de Educação e Saúde), como ficou conhecida a entidade, iniciou suas atividades em 2008. Conheça mais sobre o projeto (http://www.ciesglobal.org/).

Como membro do Movimento Escoteiro, foi lobinho Cruzeiro do Sul, escoteiro e sênior até 1987, no extinto GE Uirapuru de Diadema, na grande São Paulo. Os dois filhos de Kikawa foram lobinhos no GE Leão de Judá (167/SP), também em Diadema. Durante sua vida adulta, sempre atribuiu ao Escotismo a motivação para a medicina e a realização de projetos sociais.

Em 2010, o médico foi homenageado com o Prêmio Empreendedor Social e, em vídeo explicativo do projeto, cita o Escotismo como seu grande incentivador, ao lado de seu pai.

Fica aqui nosso agradecimento a essa pessoa que fez tanto pelos Escoteiros e pelo Brasil.

(Créditos: Equipe de Comunicação dos Escoteiros do Brasil – Região São Paulo).

Skip to content