Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Escotismo tema de reportagem na intranet do Supremo Tribunal Federal


10/04/2014 18:17:25


Confira abaixo a matria sobre Escotismo que foi veiculada na intranet do Supremo Tribunal Federal, no ltimo dia 9. O nome do veculo Supremo em Dia e trouxe um pouco do cotidiano de funcionrios que so voluntrios ou tem filhos que participam de grupos escoteiros.


Movimento mundial conquista pais e filhos no Supremo
Sempre alerta! o lema dos escoteiros em todo o mundo. A mensagem, que se traduz em estar constantemente preparado mental e fisicamente para cumprir o seu dever, rege a vida e a conduta dos voluntrios deste movimento. No STF, o escotismo j fez e ainda faz parte da vida de algumas pessoas, que contam ao Supremo em Dia o valor dessa experincia. Danielle Gurgel, que j foi escoteira, lembra com carinho o trabalho em equipe que marcou esse perodo. Eliane Nestor ainda vive a paixo e hoje coordenadora de escotismo em Braslia. E Fbio Nogueira fez uma aposta no futuro ao inscrever os filhos na atividade.

Bons temposA jornalista Danielle Gurgel, do Ncleo de Comunicao Interna, passou a frequentar um grupo escoteiro por influncia de uma colega da escola, ainda na infncia. Dos sete aos 17 anos, todos os sbados estavam reservados para as aes do escotismo, que variavam entre explorar a natureza, acampar, fazer aes solidrias, visitar instituies filantrpicas e fazer programas culturais e de cunho intelectual.

Segundo Danielle, foram anos muito produtivos, onde o esprito de equipe, as brincadeiras, a criatividade explorada em cada jogo ou esquete e as amizades eram reforados nos encontros. Mas tambm havia disciplina e compromisso. Embora considere que a obrigao de cumprir horrios e acordar cedo nos acampamentos no tenham sido a melhor parte, Danielle diz que estar com os amigos compensava qualquer sacrifcio.

Para a jornalista, que apesar das boas lembranas no se imagina mais em matas e acampamentos, o movimento lhe trouxe experincias bastante positivas, sobretudo esprito de equipe e vida sem frescura. Ela conta que aprendeu a viver com menos, porque nas atividades externas s se podia levar na mochila o que fosse realmente necessrio. Alm disso, no havia distines: a comida, as horas de sono, os afazeres, tudo era dividido. Ningum tinha privilgios. Viver isso por dez anos me deixou marcas muito positivas, compartilha.

PaixoJ Eliane Nestor, da Seo de Processos Diversos, completamente apaixonada pelo movimento e atua nele at hoje. Ela ingressou aos 13 anos e deixou o grupo aos 19, porque se casou. Depois de 15 anos afastada, ela retornou, e com uma motivao ainda maior: suas duas filhas agora fazem parte do escotismo. Hoje Eliane atua como diretora administrativa do grupo de escoteiros Lis do Lago, e se diz realizada com o trabalho voluntrio. Sempre tive vontade de voltar ao movimento, mas no podia. Quando minhas filhas completaram a idade para ingressar, retornei e estou muito feliz, relata.

Tenho muito orgulho em pertencer a um movimento com princpios e valores que contribuem enormemente para a educao do jovem, ajudando a construir um mundo melhor, diz. Entre os diversos preceitos defendidos pelo movimento, um deles ainda mais especial para Eliane: O escoteiro anda com suas prprias pernas. A frase foi dita por Caio Martins um escoteiro de apenas oito anos, ferido num acidente de trem que levou morte mais de 40 pessoas, em 1938, em So Paulo. Conta a histria que o menino, mesmo tendo sofrido uma leso na coluna, recusou a ajuda da equipe de socorro e cedeu seu lugar aos outros feridos. Na ocasio ele teria dito que "um escoteiro caminha com as prprias pernas".

ApoioOs valores do escotismo tambm conquistaram o servidor Fbio Nogueira, da Seo de Segurana de Instalaes. Apresentado ao movimento pela colega Eliane Nestor, durante uma festa de confraternizao de fim ano, ele decidiu inscrever os trs filhos. A filosofia do movimento me tocou bastante, sou cristo e vi que os escoteiros, embora no se identifiquem com nenhuma denominao religiosa, possuem valores muito semelhantes aos de Cristo, principalmente o amor ao prximo, o respeito s pessoas e fazer o bem, e isso muito importante para a formao dos meus filhos, conta.

H pouco mais de um ano, os filhos de Fbio Gabriel (15), Anne (13) e Giovanni (10) participam do grupo de escoteiros Lis do Lago de Braslia e esto muito contentes com as atividades. Para o pai, o grupo escoteiro oferece timas oportunidades de atividades sadias e ao ar livre. Alm disso, ele acredita que os participantes so estimulados a descobrir suas prprias habilidades. J passei tardes inteiras acompanhando os meninos e me diverti muito, percebi que eles esto mais confiantes e mais preocupados com o meio ambiente.

Fbio tambm considera o escotismo uma proposta diferente de tudo o que os jovens veem hoje em dia, sobremodo nos centros urbanos. Alm de coloc-los em maior contato com a natureza, diz o servidor, o movimento contribui para que os meninos e meninas assumam seu prprio desenvolvimento, especialmente do carter, e realizem suas potencialidades como cidados responsveis, participantes e teis em suas comunidades. Vale muito a pena no s conhecer, mas participar dessa famlia, convida.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens