Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Visita à Roraima revela potencial de impacto para Projeto Integra Roraima

10 de dezembro de 2018


Após o sucesso de ambas as plataformas de financiamento coletivo organizados pelos Escoteiros do Brasil em prol do Projeto Integra Roraima, membros da Diretoria Executiva Nacional e do Escritório Nacional estiveram na cidade de Boa Vista-RR, entre 6 e 11 de novembro, para acompanhar e atualizar os indicadores e necessidades imediatas da iniciativa que visa oferecer o programa educativo do Movimento Escoteiro aos migrantes venezuelanos que cruzaram as fronteiras entre os dois países, e se encontram em situação de vulnerabilidade social

O número de crianças e adolescentes que se enquadram no perfil de atendimento do Integra Roraima é relevante: em novembro, a Operação Acolhida (sob responsabilidade das Forças Armadas) registrou cerca de 822 crianças entre 07 e 15 anos, idade em que já podem participar das atividades propostas. Em um dos finais de semana em que o grupo dos Escoteiros do Brasil esteve na capital de Roraima, os integrantes acompanharam as atividades já desenvolvidas pelo projeto aplicadas pelos animadores territoriais, na Praça Mané Garrincha e também nas dependências do Abrigo da Fraternidade sem Fronteiras. As ações envolvem crianças e adolescentes, com periodicidade semanal. São duas Seções Escoteiras Autônomas em cada local, uma do Ramo Lobinho e outra do Ramo Escoteiro que utilizam os materiais dos Kits Multiplica.

Estima-se que entre 20 e 30 migrantes entram no Brasil diariamente com pedido de refúgio e permanência. Para cuidar e abrigar estas pessoas, organizações como as Forças Armadas e o ACNUR – Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados se organizam entre registro, vacinação e abrigos. Além disso, outros indicadores apontam um alto número de crianças fora da escola – o principal motivo é a falta de vagas suficientes e a situação provisória – causando um grande período de tempo ocioso para as crianças, infraestrutura precária, a falta de atividades educativas, sem contar na natural dificuldade com o idioma e a vulnerabilidade financeira/social.

Devido ao cenário de vulnerabilidade e outros problemas, o Projeto Integra Roraima poderá certamente gerar impacto social importante na região.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens