Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Trote Solidário realiza série de ações sociais voltadas para a área de saúde, no ES

30 de agosto de 2016


Quem pensa que as atividades do 11º Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória nesse último final de semana se resumiram ao treinamento dos adultos e seniores no CTMAR 2016 está muito enganado!

No sábado, enquanto nosso bravos chefes do mar aprendiam lições teóricas e práticas de navegação e de escotismo do mar com os Chefes Marcelo Teixeira e Marlon Sherdien, em Vila Velha (ES), a Chefe Francine Gratival, o sênior Vinicius Tafarello , a guia Sophia Guedes e a nossa brava lobinha do mar Gabriela Gratival trabalhavam em terra, em Colatina (ES), na coordenação da Ação de Saúde Trote Solidário, uma iniciativa que contém uma série de ações sociais voltadas para a área de saúde e também algumas ações de conteúdo ecológico!

A Ação de Saúde foi realizada pela EMESCAM, com parceria da Vale e do Instituto Solidário. A turma do Ilha saiu da Estação Pedro Nolasco, em Cariacica (ES) às 7h00 e retornou a Vitória também de trem, à mesma estação, as 20h30, junto com outros coordenadores do evento.

O Grupo do Ilha trabalhou no controle de embarque e conferência dos 150 alunos da EMESCAM. No começo da manhã junto com os funcionários da Vale orientaram o plantio de 150 mudas, às margens do Rio Doce, fazendo um trabalho de reflorestamento próximo à estação de trem de Colatina. Cada aluno plantou de 1 a 2 mudas e a Lobinha Grabriela plantou 5!

Além do plantio de mudas, os calouros e veteranos da EMESCAM e alguns médicos e profissionais voluntários que compunham o grupo realizaram ações como:

  • Atendimentos médicos;
  • Avaliação postural;
  • Medidas antropométricas (peso, altura e IMC);
  • Orientação voltada para verminose, inclusive levando os vermes para as crianças verem;
  • Verificação de pressão arterial e glicemia capilar para os cuidadores;
  • “A liga de Endócrino”, com uma médica Endocrinologista;
  • Orientação dentária voltada para prevenção de cáries; e
  • Assistência social que trabalhou questões de reflorestamento e controle do vetor da dengue.
  • Os veteranos ficavam nas bases de saúde e os calouros na recreação e seniores e a lobinha do Ilha coordenaram tudo isso junto a Chefe Francine e com a Professora Gracilene, do núcleo de atenção ao discente.

    No período da tarde, a equipe do nosso Grupo Escoteiro, além de ter programado as atividades recreativas, organizaram as bases e o fluxo das 60 crianças que vivem em abrigos de Colatina, no trabalho de atendimento à saúde. Nossa lobinha coordenou toda a intendência do evento. No retorno a Vitória, os membros de nosso Grupo Escoteiro, mesmo exaustos, não se abateram e conferiram novamente todo o grupo de alunos da EMESCAM antes de liberar a partida do trem.

    *Texto enviado por Francine Gratival, Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória (11°/ES)

    Fonte: escoteirosdoilha.org

    Fale

    Conosco

    Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens