Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Reunião com pequenos escoteiros mostra que Campo Grande integra vários adpetos

25 de abril de 2016


Criar uma criança dá trabalho, não tem jeito. E não é só a roupa, alimentação e a escola que lideram a lista das Top 10 ‘preocupações’ com os pequenos. Cuidar com carinho da formação psicológica, dando devida atenção para os conceitos importantes, como o respeito ao próximo e o trabalho em equipe, fazem a diferença na formação de um jovem para a vida adulta. E é nessa filosofia que os escoteiros surgem como opção no vasto leque de atividades na vida de uma crianças, afinal, quem nunca teve um colega escoteiro?

Com origem na Inglaterra, já possuem representantes pelo mundo inteiro. Agora comemoram os 100 anos do ramo ‘lobinho’, seção que integra o movimento e atende crianças de 7 a 11 anos. Para comemorar o acontecimento, sete grupos de escoteiros de Campo Grande se reuniram para uma atividade que não envolve mato, barracas ou natureza: uma tarde no cinema com mais de 200 lobinhos para assistir ‘Mogli, o menino Lobo’. “ A iniciativa de reunir todos para comemorar partiu das próprias crianças que queriam interagir umas com as outras. No movimento, buscamos apresentar e potencializar neles as virtudes que hoje estão sendo esquecidas pela sociedade, como: cidadania, amor ao próximo, amor a natureza, honestidade, espiritualidade,  visão de um mundo melhor e mais juto, isso tudo por do método escoteiro. Exatamente o que retrata o filme” explicou Alexandre Yuzo, 36, chefe assistente do ramo lobinho do Grupo Pe. Heitor Castoldi, que frisa que o propósito deles é contribuir para que o lobinho possa vir a se tornar um jovem responsável pelo seu próprio desenvolvimento, ajudando-o a desenvolver suas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais.

As crianças, empolgadíssimas com a ação, demostraram identificação com o que assistiram na telona. “Vale muito a pena ser escoteiro, minhas lições preferida até agora são respeitar o próximo e falar sempre a verdade. Reunir e interagir com tanta gente diferente nunca tinha acontecido, me identifiquei bastante com o filme e com os demais colegas” contou Enzo Gabriel Serejo,7, estudante.

Faça parte

Para encontrar o grupo escoteiro mais próximo de você, acesse o site escoteiros.org.br e informe seu estado, cidade e bairro. As atividades costumam acontecer aos sábados e os participantes precisam ter entre 6 anos e meio e 21 anos. O custo varia de grupo para grupo.

Fonte: http://www.midiamax.com.br/

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens