Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

NOTA DE ESCLARECIMENTO

24 de março de 2017


Publicado o 1¬ļ Boletim do Mutir√£o Nacional Pioneiro 2017, que ser√° realizado em Mata de S√£o Jo√£o (Praia do Forte), na Bahia, recebemos mensagens de associados acerca do valor da taxa de inscri√ß√£o divulgada, bem como em rela√ß√£o √† data de realiza√ß√£o do evento, que coincide com um dos domingos de provas do Exame Nacional do Ensino M√©dio – ENEM. Nesse sentido, seguem alguns esclarecimentos importantes sobre o assunto, em rela√ß√£o aos quais solicitamos a sua especial considera√ß√£o:

1. O modelo de realização de atividades nacionais está sendo estudado pelo Conselho de Administração Nacional (CAN), por intermédio de um Grupo de Trabalho especialmente criado para tal finalidade;

2. Duas ‚Äúatividades-teste‚ÄĚ ser√£o realizadas no pr√≥ximo ano para validar novos modelos, que assegurem a tradicional qualidade das nossas atividades, mas permitindo uma sens√≠vel redu√ß√£o de custos, capaz de viabilizar a participa√ß√£o do maior n√ļmero de associados poss√≠vel. Estamos nos referindo ao Congresso Nacional Escoteiro de 2018 e ao 7¬ļ Jamboree Nacional Escoteiro;

3. Para o Congresso Nacional 2018, o CAN delegou à Diretoria Executiva Nacional (DEN) a responsabilidade pela concepção e realização da atividade em modelo inovador, que fuja do tradicional esquema de utilização de hotéis e de estruturas e práticas que encarecem o evento;

4. Quanto ao 7¬ļ Jamboree Nacional, em Barretos, a equipe t√©cnica j√° trabalha para viabilizar uma alternativa para o sistema de alimenta√ß√£o (com poss√≠vel preparo das refei√ß√Ķes pelas patrulhas) e para promover um programa adaptado √†s caracter√≠sticas do local, aspectos que ser√£o capazes de impactar fortemente na diminui√ß√£o da taxa de inscri√ß√£o;

5. Esses s√£o aspectos que demandam cuidadosa an√°lise e cautelosa execu√ß√£o, de modo a n√£o comprometer a qualidade educativa das atividades, a seguran√ßa e a infraestrutura m√≠nima necess√°ria para reunir os participantes em eventos nacionais. Da√≠ porque os ajustes devem ser realizados com grande anteced√™ncia em rela√ß√£o √† data de divulga√ß√£o dos editais, quando todas as contrata√ß√Ķes e provid√™ncias j√° est√£o encaminhadas;

6. O MutPio ainda est√° constitu√≠do na plataforma que vem sendo aplicada nos √ļltimos anos pela Uni√£o dos Escoteiros do Brasil (UEB), que obedece a um caderno de encargos previsto em resolu√ß√£o do CAN, isso porque n√£o houve tempo h√°bil entre a decis√£o estrat√©gica de mudar a concep√ß√£o dos eventos e o prazo para incluir as alternativas mencionadas acima nas negocia√ß√Ķes pr√©vias √† divulga√ß√£o do evento;

7. A atividade em questão conta com sistema de alimentação pronta, programa e infraestrutura que foram orçados e negociados pela equipe técnica de modo a se obter o menor custo possível, tudo dentro do tradicional padrão de qualidade exigido pelas normas associativas, em especial ao quanto fixado na Resolução CAN 008, de 24 de novembro de 2013;

8. Os custos sofrem varia√ß√Ķes, a depender do local de realiza√ß√£o, mas basta aplicar os √≠ndices de infla√ß√£o do per√≠odo sobre as taxas dos eventos nacionais mais recentes, para se chegar aproximadamente ao valor ora fixado, que est√° em mesmo patamar que vinha sendo praticado at√© ent√£o;

9. Por exemplo, se compararmos o custo da nossa √ļltima atividade – a Aventura Nacional S√™nior – com o MutPio, chegamos a um custo di√°rio por participante de R$ 120,00, contra um custo no MutPio na casa dos R$ 176,00. Al√©m da corre√ß√£o inflacion√°ria, a quantidade de participantes tamb√©m impacta diretamente na taxa – a Aventura S√™nior foi prevista para termos 750 participantes (e chegamos a 1450), enquanto o MutPio tem previs√£o de 350 participantes ‚Äď √© o denominado ‚Äúponto de equil√≠brio‚ÄĚ. Por √≥bvio, a taxa fica menor √† medida que se aumenta o n√ļmero de participantes (para se ter uma ideia, a taxa di√°ria da Aventura S√™nior ficaria em R$ 257,00 se tivesse o mesmo n√ļmero de participantes previsto para o MutPio);

10. Esses dados s√£o apenas para assinalar que o valor de inscri√ß√£o no MutPio est√° mantendo o mesmo patamar de custos do hist√≥rico de eventos da UEB nos √ļltimos anos ‚Äď quadro que, como apontamos mais acima, a institui√ß√£o trabalha para modificar para o futuro;

11. Sabemos bem da crise financeira pela qual passa o país e experimentamos um aumento significativo nos preços de bens e serviços, o que impacta de maneira direta na fixação das taxas de atividades;

12. Exatamente por isso, os eventos s√£o divulgados com bastante anteced√™ncia e as inscri√ß√Ķes tamb√©m podem ser parceladas, no caso presente em at√© 7 vezes, de modo a facilitar o pagamento e viabilizar a participa√ß√£o. Cabe lembrar, tamb√©m, que a UEB conta com um conv√™nio que concede 10% de desconto na aquisi√ß√£o de passagens a√©reas pela LATAM e, com essa anteced√™ncia, √© poss√≠vel conseguir bons pre√ßos;

13. √Č importante destacar, ainda, que a escolha dos locais de atividades obedece a um processo de sele√ß√£o, mediante publica√ß√£o de edital, a partir de propostas das Regi√Ķes Escoteiras interessadas em sedi√°-las. Com isso se democratiza a participa√ß√£o, na medida em que os eventos s√£o realizados em diferentes localidades, permitindo o acesso de p√ļblicos variados de todos os rinc√Ķes do pa√≠s. Em alguns casos o deslocamento ser√° menos oneroso para alguns e mais oneroso para outros, em salutar revezamento que atende a todas as realidades dos nossos associados;

14. Em resumo, a UEB trabalha para melhorar a qualidade das atividades nacionais e para baratear os custos de participa√ß√£o e, em breve, as primeiras iniciativas nesse sentido poder√£o ser vivenciadas pelos participantes. Ademais, apesar das dificuldades mencionadas, est√° em curso um projeto de mobiliza√ß√£o de recursos que tamb√©m contribuir√° para os resultados esperados em rela√ß√£o ao financiamento de atividades, trabalho que vem sendo intensificado ao longo dos √ļltimos meses;

15. Finalmente, em rela√ß√£o √† data do evento, √© importante relembrar que o Estatuto da UEB prev√™ que o Calend√°rio Nacional seja divulgado at√© 31 de julho do ano anterior, o que permite √†s Regi√Ķes e Grupos Escoteiros se planejarem em rela√ß√£o √†s suas pr√≥prias atividades. Portanto, na medida do poss√≠vel, se evita alterar a data de realiza√ß√£o das atividades justamente pelo transtorno que tais ajustes causam a todos os n√≠veis da institui√ß√£o;

16. Assim, quando da publicação do Calendário Nacional, ainda não estava fixada a data de realização do ENEM, exame no qual muitos de nossos jovens estarão participando, fato que merece ponderação neste momento. Frise-se que a data do ENEM foi divulgada há apenas duas semanas, quando, obviamente, a contratação do local da atividade já estava efetivada de acordo com a data constante do Calendário Nacional;

17. Desse modo, a UEB está consultando o local que sediará o evento, bem como as Diretorias Regionais, de modo a verificar a viabilidade de se ajustar outra data para o evento, atendendo assim à demanda daqueles que estariam impossibilitados de participar.

Em breve ser√£o divulgadas as informa√ß√Ķes a respeito da eventual altera√ß√£o na data de realiza√ß√£o do MutPio e a UEB est√° √† disposi√ß√£o dos associados para quaisquer informa√ß√Ķes complementares que se fizerem necess√°rias, manifestando o seu compromisso com o aprimoramento constante das pr√°ticas associativas, especialmente primando pela transpar√™ncia, pelo atendimento do interesse coletivo e pelo especial respeito e aten√ß√£o √†s necessidades e anseios dos jovens participantes do Movimento Escoteiro.

Nota de esclarecimento MutPio

Sempre Alerta!

Escoteiros do Brasil

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens