Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

G.E. Quarupe (241¬ļ/SP) comemora 23 anos

12 de julho de 2017


O G.E. Quarupe (241¬ļ/SP) celebra no domingo, 9, seus 23 anos de exist√™ncia dedicados √† forma√ß√£o de crian√ßas e jovens como cidad√£os, com atividades voltadas √† comunidade lapeana. No s√°bado, 8, √†s 14h30 ser√° realizada uma homenagem a um chefe escoteiro no sal√£o do Pelez√£o, e √†s 18h o grupo ir√° hastear as bandeiras do Brasil, do Quarupe, do movimento escoteiro mundial e cantar parab√©ns.

O trabalho do grupo est√° fortemente ligado √† dedica√ß√£o de L√©a Dezotti e sua fam√≠lia. Fundadora e diretora de rela√ß√Ķes p√ļblicas do Quarupe, L√©a j√° viu seus ‚Äúlobinhos‚ÄĚ crescerem, terem filhos e diz ser muito gratificante manter esse contato com as gera√ß√Ķes. ‚Äú√Č um n√≥ que n√£o desata nunca‚ÄĚ, afirma.

Quem introduziu o movimento na fam√≠lia foi a m√£e de L√©a, Ruth Marchezani, que queria promover alguma atividade para as crian√ßas de sua vizinhan√ßa na cidade de Araras. ‚ÄúMeu irm√£o falou para a minha m√£e que queria nadar na piscina do clube (da cidade) e minha m√£e foi atr√°s, mas n√£o podia porque filho de oper√°rio n√£o entrava. Resultado √© que ningu√©m da rua podia. Como minha m√£e vinha sempre para S√£o Paulo, para negociar m√≥veis e antiguidades, ela decidiu arranjar alguma coisa para a crian√ßada fazer. Ela veio e fez o curso de escotismo. Foi uma festa na cidade quando ela abriu o grupo escoteiro, tinha mais de 60 crian√ßas. O grupo escoteiro que tinha l√° estava fechado e ela reabriu. Foi assim que come√ßou a nossa hist√≥ria‚ÄĚ, conta.

Quando a fam√≠lia se mudou para a Vila Romana, em S√£o Paulo, a situa√ß√£o era semelhante e coube √† L√©a trabalhar para fomentar o escotismo na regi√£o. Assim nasceu o Grupo de Escoteiros Quarupe. ‚ÄúDesde que o Quarupe foi fundado nossa meta foi trabalhar com a comunidade. Gosto do bairro, luto por ele, amo a Vila Romana, nossa raiz √© aqui‚ÄĚ, declara. O Quarupe foi inaugurado no dia 9 de julho de 1994 e, no ano seguinte, estabeleceu sua sede no Clube Escola Pelez√£o, onde realiza seus encontros todos os s√°bados das 14h √†s 17h. O termo Quarupe √© a tradu√ß√£o do termo tupi kuarup, que remete a uma festa ind√≠gena celebrada por diversas tribos em homenagem ao in√≠cio da colheita.

Para L√©a, o escotismo √© a forma de manter vivo o legado de seus pais e ela considera muito gratificante participar da forma√ß√£o do car√°ter das pessoas. ‚ÄúTrabalha a crian√ßa e o jovem a conhecer a si mesmos, ajudar o pr√≥ximo, amar Deus e a p√°tria‚ÄĚ, declara.

Fonte: jornaldagente.tudoeste.com.br

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens