Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Declaração do Rio clama por reconhecimento, inovação e investimentos em educação não-formal

11 de dezembro de 2019


Documento foi lançado nesta quarta-feira e é resultado da construção conjunta de mais de 70 organizações que atuam com juventude e educação.

Na tarde desta quarta-feira (11), os participantes e parceiros do Fórum Mundial de Educação Não-Formal lançaram uma chamada coletiva à ação para continuar a capacitar milhões de jovens em todo o mundo por meio da educação não-formal. O documento é corroborado por mais de 70 organizações internacionais, organizações de jovens e entidades da ONU.

Como principal resultado do Fórum, realizado no Rio de Janeiro de 9 a 11 de dezembro, a Declaração do Rio sobre Educação Não-Formal é uma agenda de ação ambiciosa que captura as idéias e contribuições das partes interessadas no evento para estabelecer as bases e definir uma direção para o futuro da educação não formal.

Dentre os principais pontos, a Declaração do Rio exige o direito à educação não-formal, maior reconhecimento, métodos de aprendizado mais inovadores, maior investimento e parcerias mais fortes. Entre os apelos, destacam-se a promoção de abordagens baseadas em evidências à educação não-formal, mais investimento em soluções tecnológicas e digitais e maior coordenação entre as partes interessadas e os parceiros educacionais não formais.

A Declaração do Rio foi elaborada por meio de um processo ativo e participativo envolvendo pesquisas digitais, grupos focais e laboratórios de inovação que ocorreram durante o evento, realizado no Museu do Amanhã e no Museu de Arte do Rio. O resultado das discussões ao longo do Fórum ajudou a avaliar o estado da educação não-formal e criou um consenso entre as partes interessadas sobre as ações necessárias para promovê-la como um veículo poderoso para o desenvolvimento de crianças e jovens, e seu papel como cidadãos globais ativos .

Organizado pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME) e tendo os Escoteiros do Brasil como anfitriões, o evento foi co-convocado por UNICEF, UNFPA e o Escritório do Enviado Geral da Juventude do Secretário-Geral (OSGEY), em colaboração com as 6 grandes organizações juvenis, o Fórum reuniu mais de 400 participantes de mais de 70 organizações internacionais, organizações de jovens e entidades da ONU de todo o setor de educação não-formal.

A Declaração do Rio pode ser acessada em: http://worldnfeforum.com/declaration/

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens