Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Assembleia Legislativa comemora Dia do Escoteiro em sessão solene

24 de maio de 2017


O Dia do Escoteiro, celebrado mundialmente em 23 de abril, foi celebrado em sessão solene na Assembleia Legislativa na noite desta sexta-feira (19/05). O evento ocorreu no Plenário 13 de Maio e atendeu a requerimento do deputado Bruno Pedrosa (PP).

Segundo o parlamentar, a União dos Escoteiros do Brasil tem ajudado na proteção e garantia dos direitos da infância e juventude brasileira, sejam eles associados ou não a esse movimento.

“Acredito que o escotismo tem um papel de formação fundamental no caráter das pessoas, com mais amor à pátria, com mais amor ao meio ambiente, com mais respeito ao próximo e com valores cristãos, de querer bem ao próximo […] Eu acredito que esse movimento tem um papel grandioso”, afirmou.

Bruno Pedrosa destacou ainda dois projetos de lei, de autoria dele, que visam dar mais visibilidade ao movimento escoteiro: o primeiro institui o Dia Estadual do Escotismo, o segundo possibilita que as associações dos escoteiros possam utilizar equipamentos do Governo para uso do movimento.

O vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan, que já foi escoteiro, declarou que a experiência contribui bastante com sua formação. “O escotismo mostra a vida de um perfil de liberdade e sabedoria. Então, aproveitem isso. A todos os escoteiros que nos ouvem, a todos os bandeirantes e lobinhos, esse é um caminho que vocês encontram de vida e felicidade”, enfatizou.

Para a diretora presidente da União dos Escoteiros do Brasil no Ceará, Luíza Flávia Rodrigues Soares de Almeida, a homenagem é uma oportunidade de resgatar a importância do movimento escoteiro no Ceará.

“Somos referência em educação não formal, e o escotismo brasileiro está cada vez mais forte e mais vibrante, firmando-se também como importante referência ética em meio a uma crise de valores sem precedentes na história do País”, avaliou.

De acordo com o procurador do Trabalho e gerente nacional do Projeto Resgate à Infância, Antônio de Oliveira Lima, os valores dos escoteiros são fundamentais para alcançar uma sociedade justa, igualitária e promotora da paz.

“Esses valores que são trabalhados no escotismo são fundamentais para trabalhar em toda a sociedade. Precisamos construir um caminho para os cidadãos, com um olhar para o coletivo”, defendeu.

Foram homenageados com placas comemorativas o diretor regional da União dos Escoteiros do Brasil no Ceará e presidente do Grupo Escoteiro Yolanda Queiroz, Paulo Sérgio Pereira de Lima; a diretora presidente da União dos Escoteiros do Brasil no Ceará, Luíza Flávia Rodrigues Soares de Almeida, e o chefe da divisão de Responsabilidade Social da Universidade de Fortaleza (Unifor), Carlos Augusto Fernandes Eufrásio.

Também foram agraciados a presidente do projeto Edukar Ceará, Rosângela Maria Castelo Viana; o presidente da Cruz Vermelha Brasileira do Ceará, Julio Cals de Alencar; e os comandantes do 23º Batalhão de Caçadores Marechal Castelo Branco, tenente-coronel José Abinoan de Sousa Filho; da Escola de Aprendizes Marinheiros do Ceará (EAM/CE), o capitão de fragata Marcos Werneck Regina, e da Base Aérea de Fortaleza, o coronel-aviador Frederico Casarino.

Participaram da solenidade a promotora de Justiça do Ministério Público do Ceará, Maria Fátima Correia Castro; o vice-reitor da Universidade de Fortaleza (Unifor), Randal Martins Pompeu; a coordenadora da Fundação da Criança e da Família Cidadã, Tânia Gurgel, e o diretor de programação do Sistema Verdes Mares, Paulo César Norões.
BD/GS

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens