Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Escoteiros do Brasil divulgam agraciados do 2° Prêmio Escoteiros do Brasil de Educação

15 de abril de 2018


Os agraciados da 2° edição do Prêmio Escoteiros do Brasil de Educação foram revelados! Na edição de 2018, os premiados são o Instituto Akatu, com o projeto ‘Edukatu’, e a educadora Mariza Campos, de Santa Catarina. A iniciativa premia duas indicações feitas por associados de qualquer ramo e local do país – uma para uma instituição, e uma para uma pessoa que tenha se destacado -, e está diretamente relacionada com o programa da ONU (Organização das Nações Unidas) para o campo da educação. A proposta é reconhecer os esforços na promoção de educação, sejam com caráter inovador ou com impacto sustentável na sociedade.

O Diretor de Relações Institucionais dos Escoteiros do Brasil, Antonio Livio Abraços Jorge, destaca a importância de a instituição buscar e se envolver com projetos diferentes na sociedade. “Todos nós podemos e devemos nos envolver com outras iniciativas que conosco concorrem para oferecer à sociedade a oportunidade de reconstruirmos um mundo consciente de suas obrigações e deveres, entendendo que as parcerias com a sociedade devem ser cada vez mais próximas e fraternas”, relata. “​Cabe a nós do Movimento Escoteiro compartilhá-las em nossas atividades, reconhecê-las, divulgá-las e homenageá-las. ​Agradecemos as indicações dos nossos associados, os cuidados do seleto júri técnico que atendeu ao nosso convite, e cumprimentamos os homenageados”, completa.

Neste ano, a premiação para indicação de instituição foi feita pela associada Natália Cristina Marinho de Freitas, do Grupo Escoteiro do Ar Major Brigadeiro Newton Braga (16°/SP), e contempla o Instituto Akatu. A instituição desenvolveu o projeto ‘Edukatu’: uma plataforma aberta, com conteúdos disponibilizados gratuitamente sobre consumo consciente, tanto para professores como alunos do Ensino Fundamental em todo o Brasil. Com materiais lúdicos e de forma divertida, a iniciativa visa estimular campanhas de impacto positivo em sala de aula, considerando os temas de consumo consciente e sustentabilidade como permanentemente importantes no atual contexto de nossa sociedade. O projeto conta hoje com mais de 30 mil usuários entre docentes e estudantes, em mais de três mil escolas do país.

O prêmio individual agraciou a indicação da associada Samanta Helena Mendes, do Grupo Escoteiro Desterro (52°/SC), pelo trabalho da educadora Mariza Campos no ‘Projeto Cheiro Verde no Quintal da Escola’, desenvolvido na cidade de Florianópolis. O projeto visa a alfabetização das crianças do primeiro ao sexto ano, aliando a conscientização ambiental e alimentação saudável. A proposta envolve contato com horta orgânica, compostagem, observação de abelhas nativas, e plantas medicinais. Os alimentos produzidos pelos alunos é destinado à cantina da escola, e para as famílias.

O Prêmio Escoteiros do Brasil de Educação iniciou no ano de 2017. Nas palavras do Diretor Adjunto de Relações Institucionais dos Escoteiros do Brasil, Fred Santos, a ideia do prêmio é também reafirmar a relevância dos Escoteiros como instituição de educação. “Representa um posicionamento em relação aos acontecimentos na educação em nível nacional. É uma oportunidade para os setores da educação serem reconhecidos por nós. Também vale destacar que esta iniciativa nos aproxima daqueles pensam e constroem a educação no país”.

As indicações feitas para o 2° Prêmio Escoteiros do Brasil de Educação foram avaliadas conjuntamente por membros da Diretoria Executiva Nacional (DEN) e por um júri técnico formado por 05 profissionais da área educacional: Marcos Barão, vice-presidente do CONJUVE (Conselho Nacional da Juventude); Professora Estela Montovani, professora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e pós-doutorado em Educação pela UERJ; Professor Gustavo Henrique Cornélio, do Sindicato dos Professores do Rio de Janeiro; Márcia Carvalho, coordenadora do Fórum Nacional da Criança e do Adolescente; Professora Norma Benjamin, titular do Colégio São Vicente.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens