Escoteiros da Bahia realizam Encontrão

24 abril 2018

O final de semana foi marcado por uma grande mobilização da comunidade escoteira da Bahia. Os dias 21 e 22 de abril, sábado e domingo, foram dedicados ao encontro de jovens de diversos Grupos Escoteiros baianos, que se reuniram em três diferentes cidades para realizar o Encontrão Escoteiro 2018.
Movidos pelo comprometimento de 105 adultos voluntários e cerca de 30 apoiadores, 346 membros juvenis espalharam uma mensagem que prioriza a coletividade e o otimismo, e demonstraram o vigor de um Movimento que traduz o potencial de transformação do presente e do futuro pelos nossos jovens.

No sábado, 21, o Distrito Escoteiro Sudoeste realizou a primeira edição do Encontrão no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista, com a participação de jovens dos quatro Ramos do Escotismo, tendo o apoio da PM, Bombeiros Civis e Clube do Radioamador.

Também no sábado, em Salvador, os jovens participaram da quarta edição do evento, promovendo uma ‘ocupação cidadã’ das áreas principais do Parque da Cidade e realizando as atividades escoteiras propostas no programa do evento, além de distribuir panfletos de divulgação. Nessa ocasião, os Escoteiros da Bahia homenagearam o chefe Romero Oswaldo Loures Machado, de Minas Gerais, que nos deixou no último 17 de abril.

No domingo, 22, o Encontrão foi organizado pelo Distrito Escoteiro Recôncavo, também em sua primeira edição, na Praça Dezoito de Julho, no centro da cidade de Conceição do Almeida, com o apoio da PM e da Secretaria Municipal de Educação. Um desfile dos Escoteiros pelas ruas da cidade abriu a programação do evento.

Quanto aos jovens participantes, a proposta das atividades é valorizar suas potencialidades intelectuais, sociais, afetivas e físicas, possibilitando a assimilação de valores fundamentais para suas vidas, para que tenham plenas condições de fazer a diferença em suas comunidades. As tarefas foram distribuídas em bases como Primeiros-socorros, nós e amarras, pioneirias, noções de alimentação saudável, arvorismo, sinais de pista, circuito intelectual, História do Escotismo, canções, entre muitas outras.

Trata-se de um evento de sociabilização envolvendo os jovens dos quatro Ramos, com uma dinâmica de participação voltada para o sistema de patrulhas. É uma oportunidade em que divulgamos o Movimento Escoteiro e estimulamos a integração entre os Grupos Escoteiros da Bahia, com motivação e entusiasmo.

Sempre alerta!

*Texto produzido pela Equipe de Comunicação dos Escoteiros da Bahia

Skip to content