Comissão define os vencedores da 7ª edição do Prêmio ‘Cidades das Árvores’ de Preservação Ambiental

9 junho 2017

Foram selecionados os três melhores projetos de Preservação Ambiental que receberão o prêmio ‘Cidade das Árvores’ em sessão solene no próximo dia 14 de junho, às 19h30, na Câmara Municipal de Araras. A escolha dos premiados, foi definida em reunião realizada na tarde da última terça-feira (06) na sala de reuniões da Câmara por uma Comissão nomeada pelo ato nº 7, de 10 de maio de 2017, do presidente Pedro Eliseu Sobrinho (DEM), e que conta com os representantes do Legislativo, os parlamentares Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB) e Eduardo Elias Dias (PHS), a representante do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura, Raquel Eliana Metzner e o renomado professor na área ambiental, Alceu Seixas Junior.

No total foram seis projetos inscritos. Os três melhores vão receber uma medalha que contém o símbolo da 1ª Festa das Árvores em Araras – a macaubeira – e o brasão do Município. Os demais serão agraciados com um diploma de participação. Na primeira colocação ficou o projeto do Grupo Escoteiro Arara Azul com o tema ‘Mutirão Nacional de Preservação Ecológica 2016 e Plantio Global 2017’, em segundo lugar ficou o projeto do Rotary Club de Araras Alvorada com o trabalho ‘Lacres Solidários de Araras Alvorada’ e na terceira posição o projeto do munícipe Eduardo César Roveroni com o tema ‘Recuperação de Água da Chuva’.

O prêmio ‘Cidade das Árvores’ foi instituído pelo Decreto Legislativo nº 6 de 9 de setembro de 2009 com o objetivo de destacar todos aqueles que se empenham na preservação, recuperação, proteção, conscientização e educação do Meio Ambiente, uma vez que no dia 5 de junho foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Durante a sessão solene no próximo dia 14 de junho, 50 mudas de várias espécies de árvores doadas pela AEHDA (Associação de Educação do Homem de Amanhã) serão distribuídas aos convidados.

Fonte: Câmara Municipal de ARARAS

Skip to content