Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Grande personalidade do Movimento Escoteiro fala sobre juventude e educao


25/10/2013 13:21:12


O ex-presidente-executivo dos Escoteiros da Frana e ex-secretrio geral adjunto da Organizao Mundial do Movimento Escoteiro, Dominique Bnard possui uma rica experincia em voluntariado e j vivenciou o Escotismo e o benefcio da educao no formal em diversas perspectivas. Hoje ele est envolvido em diversos projetos no Afeganisto e refora a importncia dos trabalhos voluntrios que desenvolveu ao longo dos anos. Dominique Brnard frisa, inclusive, que esses cargos so to relevantes quanto suas posies profissionais.


Para ele, a verdadeira fora do Movimento Escoteiro sua enorme rede de voluntrios. E por ser um grande nome no Escotismo, Dominique Brnard ser um dos palestrantes da primeira edio do Congresso Nacional Escoteiro de Educao, que acontece entre os dias 22 e 24 de novembro em Hong Kong, na China. O evento reunir pessoas de mais de 200 pases e territrios onde h escoteiros para debater e trocar experincias sobre os aspectos educacionais do Movimento. Todo o congresso ser transmitido online e voc pode acompanhar pelo site www.worldscouteducationcongress.org.

A equipe do Congresso Mundial Escoteiro de Educao (WSEC) teve o privilgio de conversar e discutir com Dominique Bnard sobre vrios temas incluindo seu discurso no evento, sua percepo da juventude de hoje, e seus pensamentos sobre a educao formal e a no formal, entre muitos outros tpicos. Abaixo voc confere o bate-papo com um dos grandes nomes do Escotismo Mundial.

WSEC: Voc pode explicar, em poucas palavras, o contedo do seu discurso no Congresso?
Dominique:
Eu comecei a minha carreira profissional como psiclogo no sistema de ensino na Frana, e a partir deste momento eu fiquei convencido de que impossvel transmitir valores, habilidades e conhecimentos para os jovens apenas por meio de aulas. Conforme demonstrado por pesquisas, a nica maneira de apoiar os alunos na aquisio de valores, habilidades e conhecimentos propor-lhes um ambiente de aprendizagem baseado na experincia, no dilogo e na cooperao. Assim, a minha palestra entitulada: "A aprendizagem por meio da experincia, do dilogo e da cooperao". Eu acredito que estes so os pilares do Mtodo Escoteiro e que o sistema de educao formal tambm deve adotar essa abordagem.

WSEC: O que "juventude" para voc?
Dominique: Juventude tem um duplo significado para mim. Primeiro, uma poca da vida em que os seres humanos tm de enfrentar uma srie de desafios, dificuldades e at perigos. Vamos pensar em como a transio da adolescncia para a idade adulta , nos dias de hoje, difcil e dura em muitas partes do mundo para milhes de jovens que procuram encontrar um lugar na sociedade. Mas a juventude tambm um estado de esprito. O General Douglas MacArthur escreveu: "A juventude no um perodo de tempo, um estado de esprito, um resultado da vontade, uma qualidade da imaginao, uma vitria da coragem sobre a timidez, do gosto pela aventura sobre o amor ao conforto". Concordo plenamente com esta definio e me atrevo a dizer que, mesmo com quase 72 anos, eu ainda me sinto jovem. O Escotismo capaz nos ensinar a permanecer jovem ao longo de toda a sua vida, ou seja, para ser um agente de mudana. Eu acredito que a misso da juventude tem sido sempre trabalhar para mudar e melhorar o mundo e lutar contra as foras do conservadorismo e imobilidade.

WSEC: Em uma poca em que a educao formal est captando cada vez mais e mais mtodos da educao no formal, como voc v o surgimento de um espao misto, chamado de Escola Aberta?
Dominique: Este poderia ser um sonho e um objetivo para o futuro. por isso que eu trabalho para a promoo de uma abordagem de aprendizagem por meio da experincia, do dilogo e da cooperao, mas, infelizmente, eu visitei muitas escolas em muitos pases e posso dizer-lhe que o velho sistema de ensino, a abordagem da educao bancria(1) , como era chamada por Paulo Freire, ainda existem em todas as partes do mundo - inclusive no meu pas. Este um sistema de ensino em que alunos so "folhas em branco" para que os professores os encham de informaes, em que os alunos sentam-se passivamente e absorvem informaes, sem ter o direito de cooperar com os outros nem de explorar por si s. Um sistema em que ideias abstratas so memorizadas por meio de regras e, em seguida, aplicadas a outros problemas enlatados. Este sistema a fonte da violncia que existe em muitas escolas. Infelizmente, com frequncia, eu vi professores se tornarem voluntrios no Escotismo e importarem para o nosso Movimento este sistema tradicional. por isso que eu dou as boas vindas ao 1 Congresso Mundial Escoteiro de Educao (com Eduardo Missoni, em 2007, por ocasio do centenrio do Escotismo, organizamos um evento similar). Espero que o evento gere iniciativas e projetos que colaboraro para que as coisas caminhem em outra direo: Lderes Escoteiros tm um papel na educao formal, transformando-a em uma verdadeira "escola aberta" .

  1. Freire defendia uma educao assumidamente ideolgica propunha uma prtica de sala de aula que pudesse desenvolver a criticidade dos alunos e condenava o tradicionalismo da escola brasileira, que chamou de educao bancria, em que o professor deposita o conhecimento em um aluno desprovido de seus prximos pensamentos. Tal sistema, diz, s manteria a estratificao das classes sociais, servindo o ensino de mero treinamento para a formao de massa de trabalho. Contrariamente, Freire propunha a construo do saber de forma conjunta, em que o professor se aproxima dos conhecimentos prvios dos estudantes, para com essas informaes serem capazes de apresentarem os contedos aos alunos, que teriam poder e espao para questionar os novos saberes.

WSEC: O que voc percebe como as principais ameaas para o Movimento Escoteiro em todo o mundo?
Dominique: Eu vejo trs principais ameaas. A primeira o perigo de o Movimento Escoteiro sua unidade e sua especificidade. A fora do Movimento foi a sua extraordinria capacidade de se adaptar a diferentes culturas, e isso deve ser preservado, mas a dificuldade est em manter sua unidade e sua especificidade quanto aos seus propsito e mtodo. A especificidade do Mtodo Escoteiro - "aprender por meio da experincia, do dilogo e da cooperao " deve ser preservada e promovida. A segunda ameaa para o Movimento Escoteiro perder a sua independncia, pois, como ele ainda tem um poder incrvel de atrair os jovens, vrios grupos que so externos do Escotismo - governos, instituies religiosas, partidos polticos, etc - querem usar este poder para seus prprios interesses. A terceira ameaa que eu vejo a falta de pensamento crtico que existe em vrios nveis do Movimento. O que os escoteiros gostam acima de tudo o sentimento de unidade e este entusiasmo, por vezes, os leva a evitar o pensamento crtico sobre o seu prprio Movimento, a fim de ver seus pontos fracos e trabalhar para melhor-los. Devemos prestar ateno tendncia exagerada de auto-congratulao que muitas vezes ocorre em nosso Movimento.

Em poucas palavras ...

WSEC: Se voc estivesse em Hong Kong por apenas uma tarde, de que sesso(es) participaria?
Dominique: "Descubra as diferenas: participao juvenil, envolvimento e empoderamento", porque, de acordo com minha experincia, este ainda o ponto fraco do Movimento Escoteiro ao redor do mundo. Em muitos lugares, os lderes ainda no entenderam que o Mtodo Escoteiro baseado no envolvimento dos jovens na tomada de decises e na fora da juventude. Com muita frquncia, o sistema de patrulha apresentado e percebido apenas como um sistema de trabalho em pequenos grupos, embora seja um sistema de envolver os jovens na tomada de decises e de valorizar a fora da juventude.

WSEC: Quem a pessoa que mais influenciou em sua vida escoteira?
Dominique: Um ex-presidente-executivo da Scouts de France chamado Michel Rigal que me mostrou a importncia do Ramo Pioneiro. Eu acredito fortemente que a qualidade de um programa Escoteiro no medido pelo nmero de crianas e jovens que entram no Movimento a cada ano, mas o nmero de jovens adultos que saem do Movimento a cada ano com a motivao e as habilidades necessrias para contribuir e desempenhar um papel ativo na sociedade.

WSEC: Alm de B-P, quem voc considera como grandes contribuintes (como educadores) para o desenvolvimento da teoria da educao no formal?
Dominique: Pessoalmente, eu tenho trs referncias na educao. So trs grandes figuras que trouxeram uma nova viso da educao: Robert Baden-Powell, claro, porque ele construiu o maior e mais atraente Movimento juvenil no mundo. Clestin Freinet, um educador francs que tentou mudar o sistema escolar por meio da introduo de uma aprendizagem ativa e cooperativa em sala de aula. E Paulo Freire, o grande educador brasileiro que inventou a educao popular atravs do dilogo.

WSEC: Voc acredita que alguma das percepes da B-P so obsoletas na sociedade atual por elas representaram uma posio fortemente influenciada pelo Eduardismo (rei Eduardo VII do Reino Unido) quando foram desenvolvidas?
Dominique: bvio que alguns escritos de B-P possuem aspectos obsoletos hoje - particularmente as passagens de "Caminhos para o sucesso", o livro que ele escreveu para os pioneiros. No entanto, se voc ler "O guia do chefe escoteiro ou alguns artigos que ele escreveu antes e depois da Primeira Guerra Mundial no Headquarters Gazette ou no Jamboree, voc ficar surpreso por seus aspectos visionrios e seu alto valor para a educao contempornea.

WSEC: Que habilidades escoteiras lhe foram mais teis em sua vida adulta?
Dominique: Senso de humor, a capacidade de olhar a vida com alegria e fazer amigos, amor natureza, a capacidade de observar situaes e pessoas, pensar criticamente, empatia e capacidade de compartilhar com os outros, capacidade de "pensar fora da caixa" e encontrar solues inovadoras, senso prtico e a capacidade de viver com coisas simples .

WSEC: Voc acha que ns devemos ter faixas etrias minimas e mximas para a adeso ao Escotismo? Qual , na sua opinio, a idade mnima que uma criana seria capaz de "receber" uma Educao Escoteira e qual seria a idade limite?
Dominique: Sim, eu acho que h uma tendncia perigosa em nosso Movimento de ampliar demais a faixa etria do Program Escoteiro. O Mtodo Escoteiro cooperativo, por isso no pode ser aplicado s crianas que ainda no desenvolveram a capacidade de cooperar com os outros. Alm disso, o Escotismo um movimento de jovens e para jovens, ento eu acho que os ces velhos como eu, mesmo que tenham mantido o esprito da juventude, devem deixar seu lugar para as pessoas mais jovens.

Traduo e adaptao
Equipe Nacional de Imagem & Comunicao

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens