Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Entrevista com Adriana Frony, me do escoteiro Matheus


04/09/2013 11:15:51


A fluminense radicada em Braslia, Adriana Frony, tem constatado que seu filho, Matheus, 14 anos, tem recolhido elementos positivos desde que comeou a participar do Escotismo como Lobinho, aos 7 anos.

Alm das boas notas na escola, Adriana tem percebido que o senso de justia do filho tem se fortalecido ao longo dos anos. “Ele presa por ser leal aos amigos e trabalha em prol de atividades comunitrias. Imagino que ser um cidado ativo e participativo em sua comunidade”, projeta a me.


Para Adriana, ser me de um escoteiro acreditar no futuro. “ saber que estamos fazendo a nossa parte. Trabalhamos com jovens que no futuro prximo sero os adultos que podero fazer a diferena na sociedade. Sou suspeita para falar, pois participo do Movimento Escoteiro h 30 anos e acredito em nossa instituio”, ressalta.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens