Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Escoteiros participam dos Jogos Mundiais dos Povos Indgenas no TO


06/11/2015 10:50:11


O encerramento da primeira edio dos Jogos Mundiais dos Povos Indgenas (JMPI), que aconteceu neste sbado, 31, consolidou o Tocantins e a Capital comopoloreceptivo para realizar grandes eventos esportivos, tursticos e culturais. A solenidade de encerramento atraiumilhares de visitantes e contou com a presena do governador Marcelo Miranda e a primeira-dama, a deputada federal Dulce Miranda e do senador Donizeti Nogueira.

Segundo Marcelo Miranda, a realizao dos jogos consolidou um grande sonho idealizado pelos irmos Terena, organizadores dos jogos e o poder pblico. “Os jogos mundiais em Palmas mostraram para o Brasil e para o mundo a riqueza e a diversidade dos povos indgenas. A iniciativa serviu para chamar a ateno do planeta para essa gente que merece o nosso respeito e uma maior ateno de todos os governos em suas vrias instncias”, afirmou.

Tambm para garantir a promoo dos Direitos Humanos, a Agenda de Convergncia, resultado do esforo de 30 rgos municipais, estaduais, federais e da sociedade civil organizada, dever atuar nos prximos grandes eventos realizados no Estado. Segundo a secretria deEstadoda Defesa e Proteo Social, Gleidy Braga, os esforos conjuntos dos rgos que compuseram a Agenda de Convergncia, que garantiuo sucesso do evento na garantia dos Direitos Humanos a populaes indgenas, gestantes,pessoas idosas, pessoas com deficincia,alm de crianas e adolescentes. “Este o nosso grande legado. A participao de todos os rgos demonstrou que o trabalho conjunto garante um resultado coletivo”, afirmou. Para o superintendente de Polticas Pblicas da Prefeitura de Palmas, Danilo Costa, o encontro com as diversas entidades fortaleceu o dilogo ente os rgos pblicos. “Iniciamos as reunies muito antes do incio dos jogos. Este resultado servir na organizao de outros grandes eventos de aglomerao de pblico visitante”, afirmou.

Visitantes

O casal de turistas,Joo Moreira de Assis e Manoela Ferreira de Carvalho,aproveitou a realizao dos jogos e viajou cerca de 1,8 mil km partindo de Minas Gerais para conhecer Palmas e o Jalapo. “Tudo perfeito no Jalapo. Palmas tambm uma cidade linda. Aproveitamos a ocasio, fizemos turismo e ainda assistimos aos jogos”, afirmou o turista. J o morador da Capital Deusivaldo Pereira Lopes trouxe a famlia para assistir cerimnia de encerramento dos JMPI. “Gostamos muito”, afirmou.

Intercmbio

Para o indgena da etnia Mapuche no Chile, o arteso Juan Antonio Correa Calfim, a troca de experincias entre os povos foi o maior resultado da primeira edio dos jogos. “Senti falta da gastronomia indgena para que pudssemos experimentar. Mesmo assim os jogos superaram as expectativas e ainda aproveitei para comercializar o nosso artesanato”, afirmou. J as crianas e adolescentes do Grupo de Escoteiros doAr, de Porto Nacional,aproveitaram o ltimo dia de jogos para trocar experincias com as comunidades indgenas. Segundo Bruno Galan, coordenador do grupo, o passeio resultado das atividades realizadas pelos escoteiros. “Trouxemos 27 integrantes para prestigiar o ltimo dia”, afirmou.

Acessibilidade

J na garantia do acesso de pessoas idosas, gestantes epessoascom deficincia, a Agenda de Convergncia coordenou o acesso de cerca de duas mil pessoas rea de acessibilidade durante cinco dias de jogos. O pedreiro Jocelino Miguel Borges trouxe a filha Lgia Lesly Moura Borges para assistirsfinais das competies. “Essa foi a primeira vez que consegui trazer ela para assistir. Geralmente os eventos realizados aqui no tem esse espao diferenciado ento fica difcil a locomoo”, afirmou. J a aposentada Paula Zanela de S veio acompanhada da filha, a arquiteta Josi de S, durante dois dias de jogos. “Encontramos algumas dificuldades no acesso rea da acessibilidade,mas a equipe de apoio foi bastante solcita”, afirmou.

Equipes

Fazem parte da Agenda de Convergncia, 30 entidades entre rgos pblicos, sociedade civil organizada e conselhos de direitos. Alm das entidades, mais de 100 voluntrios foram capacitados para atuar como protetores de Direitos Humanos durante os jogos, dentre eles acadmicos de Direito das Faculdades Serra do Carmo, Catlica do Tocantins e os estagirios integrantes do projeto Jovens Empreendedores desenvolvido pela prefeitura de Palmas.

Fonte: Secretaria da Comunicao Social

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens