Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Roraima deve ser a próxima unidade federativa a ganhar sede regional

18 de abril de 2019


Único estado do país a ainda não ser Região dos Escoteiros do Brasil, Roraima deve ganhar sede regional em breve. Já são 11 Unidades Escoteiras Locais e mais de 300 associados no Estado, além do enfrentamento de desafios bastante particulares e nos quais o Movimento Escoteiro tem sido importante ferramenta para alcançar crianças, adolescentes e jovens por meio da educação.

Na última semana, Alessandro Garcia Vieira, diretor-presidente dos Escoteiros do Brasil, visitou a capital Boa Vista para reunir as lideranças locais e propor ações para a criação da unidade regional. “Tendo um núcleo regional poderemos melhor oferecer a prática do escotismo e atingir uma maior quantidade de crianças e jovens, e passamos a ter um braço para apoiar as entidades que já estão funcionando e ajudar na criação de novas entidades”, afirmou.

Em Roraima atualmente funciona um dos principais projetos sociais dos Escoteiros do Brasil, o Integra Roraima. O projeto surgiu da preocupação em acolher venezuelanos em situação de migração e refúgio, que diariamente cruzam a fronteira no norte do país. O Projeto Integra Roraima funciona em parceria com a Operação Acolhida, das Forças Armadas, e a Fraternidade Sem Fronteiras, responsável por abrigar duas das Seções Autônomas do Projeto. Mais duas Seções, uma do Ramo Lobinho e outra do Ramos Escoteiro, funcionam na Praça Mané Garrincha em Boa Vista.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens