Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Escoteiros se mobilizam com tintas e pincéis por “uma Aleppo mais bonita”

12 de julho de 2017


Aleppo (RV) – Os escoteiros da Paróquia de São Francisco de Aleppo, na Síria, promoveram uma iniciativa para melhorar a imagem da cidade. No final do mês de junho, munidos de pincéis e latas de tintas, eles deram uma nova cor à cidade através do projeto “Aleppo mais bonita”: pintaram calçadas, restauraram a sinalização para indicar as áreas de estacionamento consentidas e proibidas.

A iniciativa é promovida pelos frades locais, com o apoio do governador, do prefeito e da comunidade. Depois de anos de guerra, que literalmente apagaram as cores de Aleppo, o projeto é um compromisso e também um desafio.
Os frades explicaram que o projeto “permite unir todos numa única nação, numa única família, independente da religião ou das convicções. A iniciativa é uma oportunidade para reparar e costurar esse belo mosaico da nossa sociedade, infelizmente rasgado. Então, colocamos a mão na massa com muito entusiasmo, amor e comprometimento. Temos amor pela nossa cidade agredida e o desejo de promover a reconciliação na nossa sociedade ferida”.

A Paróquia se encarregou de comprar o material necessário para a reconstrução. Mais de 200 pessoas se mobilizaram para deixar “Aleppo mais bonita”. O pároco Pe. Ibrahim Sabbagh explicou que, com esse tipo de ação concreta e de pequenos gestos, “conseguiremos, todos juntos, reconstruir a nossa cidade e a nossa sociedade. O que conta é o nosso empenho pessoal, o nosso desejo de sermos atores no processo de reconstrução da nossa ‘casa’, isto é, da nossa cidade com os seus habitantes”. (AC/L’Osservatore Romano)

Fonte: br.radiovaticana.va

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens