Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Aos 30 anos do Dia Mundial de Luta contra Aids, conheça a história da origem da data

1 de dezembro de 2018


No ano de 1987, no estado de Washington, nos Estados Unidos, aconteceu uma Conferência Internacional de Aids, para tratar assuntos pertinentes ao tema da doença. Nesta época a voz dos portadores do vírus HIV não era ouvida. Então, no mesmo dia da conferência, mais de 200 mil pessoas aproveitaram a ocasião e participaram de um ato para que fossem notadas. Neste dia, a ONG americana Act UP organizou, em frente ao Capitólio – sede do Congresso americano -, um grande mosaico de colchas de retalhos para homenagear as vítimas da Aids. Esse era só o começo de uma tradição que se estende até os dias atuais.

A partir de toda a movimentação nos EUA, dois oficiais de informação pública da OMS (Organização Mundial de Saúde) propuseram a criação do Dia Mundial de Luta contra a Aids. Com a ajuda do diretor do Programa Global sobre Aids a iniciativa vingou, e desde 1988, após deliberação da Assembleia Geral da ONU em parceria com a OMS, o dia 1º de dezembro recebe atos para o combate ao preconceito e ao estigma relacionados à Aids.

O Brasil tem se empenhado bastante nas ações de prevenção contra a doença e no tratamento de pacientes infectados. É estimado que 92% das pessoas infectadas conseguiram chegar ao estado em que o vírus seja indetectável. Pelo SUS – Sistema Único de Saúde, é fornecido aos pacientes meios de prevenção em toda a rede, e também todo o suporte necessário para o tratamento.

Ao celebrarmos 30 anos das primeiras ações de luta e conscientização sobre a doença, mais do que nunca sabemos dos perigos da falta de prevenção, e por isso devemos sempre nos engajar para que as informações sobre como a prevenção é importante cheguem a maior quantidade de pessoas, ainda mais com o objetivo de não marginalizar quem está em tratamento. Em 2018, o Ministério da Saúde lançou uma grande campanha colaborativa em que qualquer pessoa pode escrever mensagens e relatos, seja de luta ou apoio, e algumas destas mensagens serão escolhidas para, à exemplo da ação em 1987, formarem um grande mosaico que cobrirá a Esplanada dos Ministérios.

Para acompanhar os relatos e depoimentos durante a campanha, acesse o link https://www.diamundial30anos.com.br/.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens