Desportos Inclusivos

  1. Explicar a diferença entre exclusão, inclusão, segregação e integração.
  2. Realizar uma apresentação sobre a história dos jogos paralímpicos, descrevendo sua origem, quando veio para o Brasil, modalidades que compõem, principais atletas de cada modalidade, qual país é o recordista de medalhas.
  3. Pesquisar e aplicar em sua seção, 3 (três) jogos paralímpicos, explicando as regras e participando junto no desenvolvimento dos jogos e finalizar com uma roda de conversa relatando como se sentiram.
  4. Apresentar a biografia de 1 (um) atleta paralímpico.
  5. Assistir a uma partida de uma modalidade paralímpica (ao vivo ou televisionado), acompanhado do examinador e jovens da sua seção, relatando as regras, funções e marcações da modalidade escolhida.
  6. Organizar com 1 (um) atleta ou organização que trabalhe com jogos adaptados, uma pequena palestra e demonstração da aplicação do jogo.

Versão: Julho/2020
Proponente(s): Carlos Alexandre Gomes Lopes
Avaliador(es): Joana Lourdes Perozzi (Membro da Equipe Regional de Integração e Diversidade – Região Escoteira MS), Maria Dorothea de Moraes (Psicóloga e Psicopedagoga especialista em transtornos do desenvolvimento) e Monique Sales (Médica Pediatra)

Níveis da Especialidade
Nível I 2 itens
Nível II 4 itens
Nível III 6 itens

O jovem tem a liberdade de escolher quaisquer itens para a conquista do nível que desejar, não sendo obrigatório seguir a ordem da numeração dos mesmos.

Skip to content