Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens

Baden-Powell criou o Movimento Escoteiro pensando nos rapazes, mas o interesse das meninas foi tanto que, logo em seguida, ele adaptou as atividades em publicações para Guias, como ele as chamou.

Foram Agnes, irmã de B-P, e Olave, esposa do fundador, que criaram o Movimento das Bandeirantes, uma versão feminina do Movimento Escoteiro. Hoje os dois movimentos aceitam meninos e meninas, mas se diferenciam por suas tradições e atividades.

O aperto de mão escoteiro é feito sempre com a mão esquerda, entrelaçando os dedos mínimos. Baden-Powell adotou esse gesto depois de visitar uma tribo guerreira e ser recepcionado com a mão esquerda pelo chefe da tribo. Ele ouviu a explicação de que ali, eles se cumprimentavam assim pois era necessário largar o escudo, sua única defesa, mostrando ao adversário que deposita nele confiança e lealdade. B-P adaptou o cumprimento com os dedos mínimos de forma que as mãos não conseguem largar uma da outra, provando que escoteiros são todos dignos de confiança e estão sempre unidos.

234951_5_IMG_9331 cópia

1.3 Curiosidades

Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua, foi escoteiro e, em sua grande aventura levou uma placa de bronze com a Flor de Lis. Ele a deixou na lua.

O Movimento Escoteiro não está presente em apenas seis países: Andorra, China, Cuba, Coreia do Norte, Laos e Myanmar.

O sinal da Promessa, feito com a mão direita com a palma para a frente e o polegar sobre a unha do dedo mínimo, com os outros dedos esticados, simboliza que, mesmo os escoteiros mais distantes estão unidos e que o mais forte deve sempre defender o mais fraco.

O termo “escoteiro” deriva da palavra Scout, que significa batedor ou explorador, em referência ao responsável por abrir e reconhecer um caminho por onde outros de sua expedição ou grupo passariam.

No Reino Unido, o fundador do Escotismo, Baden-Powell, foi eleito uma das pessoas mais influentes do século 20.

Mensalmente, os escoteiros contribuem com 4 milhões de horas de serviço comunitário no mundo. Anualmente, esse número é de aproximadamente 50 milhões de horas.

O livro “Scouting for Boys” (Escotismo para Rapazes), de B-P, é um dos 10 livros mais vendidos do mundo, com mais de 150 milhões de cópias.

Fale

Conosco

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens